, Portal de Notícias
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Loading...

 

Registro de tempo de trabalho

10-12-2017

Depois de entrevistar vários candidatos e escolher aquele perfeito para a vaga, é necessário que o empregador dê início a um processo burocrático.

Documentos precisam ser anotados, contratos devem ser assinados, e tudo com muito cuidado, para que nenhuma norma seja desrespeitada.

 


Lembrando que, mesmo havendo registro, o período de trabalho não pode exceder oito horas por dia e quarenta horas semanais. O empregador deve manter o registro dos tempos de trabalho durante cinco anos.
Muitas são as obrigações de uma empresa para com seus funcionários e a lei existe justamente para garantir que estas sejam cumpridas. Porém, alguns empregadores não fazem uso do registro do tempo de trabalho e esse fato pode gerar penalidades, de acordo com as leis trabalhistas.

 

O artigo 202 do Código do Trabalho determina que o empregador deve manter o registro dos tempos de trabalho, incluindo dos trabalhadores que estão isentos de horário de trabalho, em local acessível e de forma que permita a sua consulta imediata por fiscalização ou pelo próprio trabalhador. O registro deve conter a indicação das horas de início de jornadas, bem como das interrupções ou intervalos e horas extras.

 

O empregador deve assegurar que o trabalhador que preste trabalho fora da empresa marque o registro imediatamente após o seu regresso à empresa, ou envie o mesmo devidamente visado, de modo que a empresa disponha do registro devidamente visado no prazo de 15 dias.

 

Para poder controlar de forma eficiente a Sistema Descomplicado desenvolveu um software de tratamento de ponto, que armazena de forma segura as informações de jornada do trabalhador, além de garantir a emissão do ticket que o empregado pode guardar em caso de dúvidas. Com o registro eletrônico, os dados são assegurados pela tecnologia que não permite que, após o registro, eles sejam alterados, funciona com as duas principais marcas de leitores biométricos do mercado que disponibiliza esta tecnologia, LFD (Live Finger Detection), Leitores da Marca Nitgen e Secugen, o sistema é completo e conta com controlar as horas extras, relatórios de conferência de ponto, controle de faltantes, entre outros. Veja mais detalhes do sistema neste link.

Vagando na Net