Pesquise outra noticia:



Era uma vez...
27/07/2012 - Fonte: Sandro Silva Araujo



No Japão feudal, um samurai que não conheceu a derrota. Venceu mais de 60 batalhas e construiu uma filosofia de vida a qual chamou de Gorin No Sho, na verdade uma estratégia para a vitória e o sucesso para nas batalhas e na vida.

Seu nome está gravado no imaginário japonês como sinônimo de bravura com sabedoria e humildade. As histórias de suas proezas estão registradas em diversos textos, diários, monumentos e, filmes, videogames, séries de TV, mangás e livros de negócios, fazem parte das obras que apresentam sua filosofia.


Espírito Samurai

Seu legado influencia até hoje a sociedade japonesa. Uma sociedade competitiva, batalhadora, trabalhadora. A sua inspiração por tecnologia certamente tem a mão deste samurai medieval, para ele, um ótimo carpinteiro pode se tornar ainda melhor com boas ferramentas. Ensinava que é essencial para um profissional competente, buscar ser multidisciplinar e ampliar seu leque de conhecimento em várias áreas, ele próprio praticava essa ideia, além da esgrima e da arte samurai, dedicou-se às artes, como a pintura, caligrafia, a escultura, o cerimonial do chá e o manuscrito de livros. No dia 19 do quinto mês, de acordo com o calendário japonês da época, ou 13 de junho de 1645, de acordo com o nosso, ele faleceu de causas naturais, mas sua vida ainda é inspiração, seu nome é Miyamoto Musashi.


Gorin No Sho

Conhecido no Brasil como o Livro dos Cinco Anéis, escrito pelo samurai Miyamoto Musashi, pouco antes de sua morte, descreve toda a estratégia aprendida em sua vida. O livro exerce uma grande atração entre os que querem utilizar estratégia em suas vidas. Aliás, no Brasil já foi recomendado para os alunos de pós-graduação do curso de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas. No Japão é considerado um texto obrigatório para todo empresário e político, e foi chamado, no final do século XX, de "o grande manual de estratégia do milênio". Você poderá estar se perguntando: O que um samurai japonês do século 16 pode ensinar em 2012 (século 21)? Por incrível que pareça, muita coisa! Podemos aprender, por exemplo, sobre a importância do discernimento para adquirir uma compreensão objetiva dos mecanismos do senso de oportunidade e de sucesso na vida. Quer saber o que mais? Leia o livro dos Cinco Anéis. Estou lendo e por isso recomendo!