Pesquise outra noticia:



Dia da Sogra
27/07/2012 - Fonte: Sandro Silva Araujo



Na cidade espanhola de Castellón acontece anualmente um concurso em busca da sogra perfeita. Você deve estar pensando: Sogra perfeita?

Mas isso não é impossível segundo muitos genros e noras? Para tanto as frases "Deus fez a mãe, mas o Diabo inventou a sogra". "Não mando minha sogra para o inferno porque fico com pena do Diabo", são exemplos de uma verdadeira enciclopédia descrita em piadas, músicas e frases pejorativas sobre sogras, cujo dia em 28 de abril, faz com que a data seja também muito pouco comemorada. Inclusive, o cinema estadunidense produziu com Jennifer Lopez e Jane Fonda, o filme: "A Sogra" com a seguinte legenda "Se ele é o homem dos seus sonhos, sua mãe é a sogra dos seus pesadelos"!


A sogra perfeita

A verdade é que sogras têm uma imagem contraditória, para dizer o mínimo. O casamento não é uma mera união entre o homem e a mulher, mas um ato que envolve uma profunda maturidade para compreender a complexa constelação que se originará em razão do entrosamento de famílias na qual se irão estabelecer fontes de direitos e de dever. E a sogra, eternizada como figura inconveniente e intrometida, exerce na verdade o papel de mãe zelosa, que deseja ensinar a nora como cuidar do filho que por tanto tempo dependeu dos seus cuidados ou então faz questão de estar presente na vida da filha, para saber se o marido esta cuidando bem de sua princesinha e que nada irá lhe faltar. A sogra é, como se diz em inglês, "mother-in-law" (mãe em lei), mãe é aquela figura doce e protetora com quem todos sonhamos, mas quando, por força da lei (e o casamento é em grande parte isso) ela tem de assumir uma nova condição os problemas emergem. E esses problemas têm de ser elaborados e compreendidos, por sogras, noras e genros. É neste momento que a sogra pode se aproximar da perfeição pretendida pelo concurso espanhol.


Dona Olímpia

Dona Olímpia, foi a melhor sogra do mundo, a única perfeita, aquela que descobriu a forma de fazer filha e genro felizes. A distinta senhora reza a lenda, existiu de fato e se transformou em uma personagem maravilhosa do Livro de uma Sogra, escrito por Aluísio de Azevedo. Dona Olímpia, ainda no remoto 1895, sabe tanto das coisas que está sempre atenta para livrar o casal de qualquer chateação. Muitos que lerem este artigo poderão até pensar diferente, afinal, cada vivência familiar é única. Mas, sinceramente neste artigo quero dar um exemplo que conheço bem: Minha sogra. Estou apresentando a candidatura dela para sogra perfeita, trata-se de uma misto de "Dona Olímpia" e "mother-in-law". Acho que ganha!